Sexta-feira, 10 de Janeiro de 2014

Festa de Natal de 2010 - Parte I

 

publicado por ebipedrassalgadas às 11:51
link do post | comentar | favorito
 O que é?
Quinta-feira, 6 de Junho de 2013

Urânio

 

Definição:

O urânio é um elemento químico de símbolo U e de massa atómica igual a 238 u, apresenta número atómico 92, é um elemento natural e comum.

 

História:

Pensava-se que a uraninite era um minério de zinco, ferro ou tungsténio. No entanto, Klaphroth, em 1789, comprovou a existência de uma "substância semimetálica" neste minério. Chamou ao metal "urânio" em honra da descoberta feita por Herschel em 1781 do planeta Urânio. Mais tarde, Peligot provou que Klaphroth apenas tinha conseguido isolar o óxido e não o metal, e em 1842 conseguiu isolar o urânio metálico. O urânio foi o primeiro elemento onde se descobriu a propriedade da radioactividade. Esta descoberta foi feita por Becquerel em 1896.

 

Em 1934, Enrico Fermi e os seus colaboradores observaram que o bombardeamento de urânio com neutrões, produzia emissão de partículas beta. Este reacção só seria explicada, em 1938, por Otto Hahn e Fritz Strüssman. Estes investigadores concluíram que o urânio bombardeado com neutrões dava origem a isótopos de elementos mais leves, como o krípton ou o bário, por fissão do seu núcleo, libertando-se uma grande quantidade de energia. Entretanto, Fermi sugeriu que a fissão produzia novos neutrões que poderiam originar novas fissões noutros núcleos e assim tornar a reacção auto-sustentada. Este facto foi comprovado por F. Joliot, Leo Szilard e H.L. Anderson, em 1939.

 

A primeira reacção nuclear de fissão auto-sustentada foi realizada por Fermi, na Universidade de Chicago, em Dezembro de 1942. Para tal, Fermi e os seus colaboradores, utilizaram 400 toneladas de grafite, seis toneladas de urânio e 58 toneladas de óxido de urânio.

 

O primeiro teste de uma arma nuclear baseada na fissão do urânio foi realizado em Alamogordo, Novo México, em Julho de 1945.

 

Aplicações:

Urânio e seus compostos "coloridos" têm diferentes usos em várias áreas, nomeadamente, na arte, na indústria, no comércio e para fins bélicos. O vidro de urânio tem um tom verde-maçã, enquanto que o esmalte da cerâmica de dirua nato de amónio é laranja. A sua elevada densidade torna-o adequado para as rodas de giroscópio sem sistemas de orientação, para contra balançar as lâminas rotatórias de helicópteros e como pesos para as superfícies de controlo dos aviões. A catálise torna-o útil para a indústria química e o seu potencial de redução de CO2 tem vindo a ser estudado. A alta densidade de electrões torna-o útil como escudo para a radiação gama intensa. A alta densidade e propriedades deformatórias tornam-no no metal mais eficiente para armaduras e armas. Urânio pouco enriquecido (≈2-5%) pode ser usado como combustível para centrais nucleares civis, enquanto o urânio altamente enriquecido (>90%), pode ser usado para abastecer os navios de guerra movidos a energia nuclear ou armas nucleares.

 

Vantagens:

As vantagens desta energia são: não contribuir para o efeito de estufa; não poluir o ar com gases de enxofre, nitrogénio, particulados, etc. Não utilizar grandes áreas de terreno: a central requer pequenos espaços para sua instalação; não depende da sazonalidade climática (nem das chuvas, nem dos ventos); pouco ou quase nenhum impacto sobre a biosfera; grande disponibilidade de combustível e é a fonte mais concentrada de geração de energia. A quantidade de resíduos radioactivos gerados é extremamente pequena e compacta; a tecnologia do processo é bastante conhecida; o risco de transporte do combustível é significativamente menor quando comparado ao gás e ao óleo das termoelétricas e não necessita de armazenamento da energia produzida em baterias.

 

Desvantagens:

As desvantagens são: necessidade de armazenar o resíduo nuclear em locais isolados e protegidos e necessidade de isolar a central após o seu encerramento. É mais cara quando comparada às demais fontes de energia; os resíduos produzidos emitem radioactividade durante muitos anos; dificuldades no armazenamento dos resíduos, principalmente em questões de localização e segurança; pode interferir com ecossistemas; grande risco de acidente na central nuclear. O Urânio pode prejudicar a saúde do ser humano, tendo em conta que atinge o sistema linfático, sangue, ossos, rins e fígado, causando envenenamento de baixa intensidade (inalação, ou absorção pela pele), náuseas, dores de cabeça, vómitos, diarreia e queimaduras. Este mineral, por não ser reconhecido pelo ser vivo, não é eliminado do organismo, sendo progressivamente depositado sobretudo nos ossos; a radiação assim exposta pode provocar o desenvolvimento de cancro – os trabalhadores de minas são frequentemente casos de cancro pulmonar. 

Bibliografia:

http://nautilus.fis.uc.pt/st2.5/scenes-p/elem/e09210.html

 

http://pt.wikipedia.org/wiki/Ur%C3%A2nio~

 

https://sites.google.com/site/uraniotoxicologiaffup/aplicacoes~

 

 

Trabalho elaborado por: Jéssica Alves 7º A nº13

 

publicado por nini às 12:33
link do post | comentar | favorito
 O que é?
Quinta-feira, 23 de Maio de 2013

Fibras têxteis

Definição:

Entende-se por fibra têxtil, todo o elemento de origem química ou natural, constituído por macromoléculas lineares, que apresente alta proporção entre o seu comprimento e o diâmetro e cujas características de flexibilidade, suavidade e conforto ao uso, tornem tal elemento apto às aplicações têxteis.

 

História:

O homem pré-histórico utilizava as peles dos animais para se proteger do frio. Mas foi, provavelmente durante o período Neolítico, que começou a ser utilizada a lã como matéria-prima alternativa para o vestuário que usava.

Além do pêlo dos animais (fibras de origem animal), também o algodão e o linho já se usava no Egipto, na Índia e no Peru por volta de 2000 a.C.

Desde a utilização inicial destes produtos até aos nossos dias, a descoberta e desenvolvimento de novas fibras têxteis de origem natural e não natural, tem sido uma consoante.

Entende-se por fibra têxtil todo o corpo que tem um comprimento muito superior à espessura e que pode ser transformado em fios.

 

Classificação:

Fibras naturais:

Fibras de origem vegetal

São as fibras obtidas a partir de:

Sementes e frutos: algodão, coco;

Caules: linho, rami , abacá ,cânhamo, juta, malva;

Folhas: Sisal, Caroá.

Fibras de origem animal

São as fibras obtidas a partir de:

Pêlos:  lã.

Secreções: seda.

Fibras de origem mineral

Existem vários tipos de fibras de origem mineral, entre elas: a Crisotila, a Crocidolita, a Fibra de basalto e amianto.

Fibras não-naturais:

São fibras que não são retiradas prontas da natureza, são obtidas a partir de polímeros que no final são moldados em forma de filamento. Pode-se dividi-las em fibras artificiais e sintéticas.

Fibras artificiais

São fibras produzidas pelo Homem, porém, utilizando como matéria-prima polímeros naturais de origem celulósica ou proteica, estes polímeros são regenerados dando origem a novas fibras. Exs: viscose, o acetato, o Lyocel e o Modal.

Fibras sintéticas

São fibras produzidas pelo homem usando como matéria-prima produtos químicos, da indústria petroquímica. As mais conhecidas são o poliéster, a poliamida, o acrílico, o polipropileno e o poliuretano elastomérico também conhecido como Elastano, além das Aramidas (Kevlar e Nomex).

 

Propriedades:

Físico-químicas: - Higroscopicidade- capacidade da fibra absorver água ou humidade.

Condutibilidade térmica: - É a propriedade de conduzir o calor.

Brilho:- É a capacidade de algumas fibras têxteis refletirem a luz.

Sensibilidade ao calor: - Refere-se às fibras, que com o calor, derretem sem arder.

Mecânicas: -Elasticidade- é a facilidade com que o fio se deforma e regressa à posição inicial.

Espessura:- Finura- é sinónimo de óptima qualidade do tecido, obtém-se empregando fibras finas e consistentes.

Tecnológicas: - Resistência- é a capacidade da fibra em resistir a esforços de tracção e ao uso contínuo.

Regularidade do fio:- Refere-se à possibilidade de se obter na produção da fibra um fio sempre igual.

 

Aplicações:

Algodão: Vestuário, têxtil lar, lonas, e aplicações técnicas como: telas para pneus, tapetes transportadores e tendas de campismo, etc.

Linho: Vestuário de Verão e têxtil lar, fabrico de papel e artesanato, etc.

Juta: Vestuário de trabalho, sacos, plásticos reforçados, cobertores para cavalos, solas de sapato em corda, tecidos para filtros, etc.

Sisal: Fabrico de cordas, esteiras, capachos, chapéus, etc.

Lã: Vestuário de Inverno, roupa de bebé, meias, fatos, cobertores, alcatifas, etc.

Seda:  Vestuário: lenços, gravatas, lingerie, roupa exterior de luxo.

Amianto: Vestuário anti-chama, cortinas, cenários de teatro, tapetes, transportadores de materiais quentes e produtos têxteis anti-chamas.

 

 

 

 

 

 

Vídeo:

 

 Fontes:


http://www.ebah.com.br/content/ABAAAAyBoAI/fibras-texteis

http://jotah.no.sapo.pt/trabalhos/tecnologica/fibraste.htm

http://pt.wikipedia.org/wiki/Fibra_t%C3%AAxtil

http://eb23gilvicente7cet.blogspot.pt/

http://www.cardosolopes.net/Alunos/Disciplinas/ET/8_ano/fibras_texteis_classificacao_historia.pdf

http://www.youtube.com/watch?v=yHJkjuqwwAA

 

 

Trabalho elaborado por:

- Luana Félix 8ºA Nº11

- Maria Matos 8ºA Nº13

publicado por luanafelix às 15:58
link do post | comentar | favorito
 O que é?
Quinta-feira, 2 de Maio de 2013

O carvão

 

 

  
   
   

O CARVÃO

   
   

 

 

Definição: O carvão é uma rocha constituída por substâncias vegetais, homogéneas que são visíveis em alguns carvões. São rochas negras, pouco densas e pouco duras, que ardem facilmente. Não são solúveis em água. É um combustível sólido de cor negra, que é resultante da combustão incompleta de matérias orgânicas.

 

História: O carvão mineral foi formado pelos restos de plantas tropicais e subtropicais.

As alterações climáticas explicam porque o carvão aparece em todos os continentes. Os depósitos carboníferos formaram restos de plantas que se acumularam em pântanos e que se decompuseram.

Existem dois métodos para determinar a composição dos carvões: a análise elementar e a análise aproximada. Os carvões classificam-se e ordenam-se de acordo com o seu conteúdo de carbono fixo. O carvão é usado sobretudo na Alemanha e na Austrália.

 

Caraterísticas: O carvão é uma rocha vegetal ou mineral. O carvão mineral pode ser turfa, linhito, hulha e antracito.

 

Vantagens: O carvão a fonte de energia mais abundante e é também o combustível fóssil mais barato. A partir de carvão pode-se produzir eletricidade. Esta fonte não depende das condições climáticas e pode ser armazenada com segurança. Os requisitos estruturais são muito menos difíceis em comparação com outros combustíveis fósseis. O carvão pode produzir uma série de subprodutos quando queimado e também reduz a nossa dependência do petróleo e gás natural.

 

Desvantagens: O carvão também tem algumas desvantagens. Uma delas é a poluição do ar porque são libertados gases quando o carvão é queimado. Outra desvantagem é a poluição sonora e degradação ambiental. O trabalho nas minas é também muito perigoso, porque existe riscos de morte.

 

 

 

 

 
 

 

 

 

Fontes: - http://www.infopedia.pt/$carvao

            - http://br.answers.yahoo.com/question/index?qid=20070427015857AASQD6x

            - http://pt.wikipedia.org/wiki/Carv%C3%A3o_mineral

            - http://aolongofinito.blogspot.pt/2012/08/vantagens-e-desvantagens-do-carvao.html

            - http://www.youtube.com/watch?v=H-q4oY6mCec

 

 

Trabalho elaborado por:

- Inês Martins 7ºA nº11

- Silvia Touças 7ºA nº19

tags:
publicado por Inês às 12:35
link do post | comentar | favorito
 O que é?
Quinta-feira, 14 de Março de 2013

ENTREVISTA A ALUNA : ESTELA MORAIS

 

 

 

 

NOME: Estela Patrícia Lopes Morais

 

IDADE: Tenho 13 anos e ando no 7º ano.

 

DATA DE NASCIMENTO: 04/03/2000

 

LOCAL DE NASCIMENTO: Vila Real.

 

RESIDÊNCIA: Eiriz

 

GOSTAS DA ESCOLA QUE FREQUENTAS? : Claro.

 

GOSTAS DOS PROFESSORES? Muito.

 

GOSTAS DAS SALAS DE AULA? Sim.

 

SE PUDESSES MUDAR ALGO NA TUA ESCOLA O QUE MUDARIAS? Não mudaria nada.

 

GOSTAS DA TUA TURMA? Sim.

 

A TUA TURMA PREJUDICA-TE DURANTE AS AULAS? Não.

 

ESTUDAS DIARIAMENTE OU SÓ NA VESPERA DE TESTES? Diariamente.

 

GOSTAS DE ESTUDAR? Não

 

JÁ ALGUMA VEZ TIVESTE UMA NEGATIVA NUM TESTE? Não.

 

QUAL FOI A TUA NOTA MAIS BAIXA, E A MAIS ALTA? A mais baixa foi 3 e a mais alta foi 5.

 

ESTUDAS MUITO PARA TERES BOAS NOTAS? Estudo o suficiente para conseguir atingir os níveis que pretendo.

 

QUAIS SÃO AS DISCIPLINAS QUE MENOS GOSTAS? Gosto de todas.

 

QUAIS SÃO AS DISCIPLINAS QUE TU ESTUDAS MAIS? Físico Química, Ciências, Francês e Matemática.

 

QUAIS SÃO OS PROFESSORES QUE TU ACHAS QUE EXPLICAM MELHOR? A professora de Português, de Ciências e a de Matemática.

 

 

 

Trabalho realizado por: Ricardo Braz Nº18e David Costa  Nº6

publicado por ricardo :) às 12:43
link do post | comentar | favorito
 O que é?
Terça-feira, 5 de Março de 2013

ATLETISMO - Megas do Desporto Escolar

Na manhã de terça-feira, dia 5 de Março de 2013, decorreu na pista de atletismo da UTAD, em Vila Real, a fase de apuramento para os nacionais dos Megas Sprint, Salto e Quilómetro, com a participação dos alunos vencedores de cada uma das escolas de Vila Real e Douro, juntando cerca de 7 centenas de alunos oriundos de mais de 30 agrupamentos do distrito de Vila Real e de Viseu.

 


A Escola de Pedras Salgadas esteve representada por 23 alunos, destacando-se no Mega Quilómetro, onde obteve 3 lugares no pódio por intermédio de José Lourenço 2º em juvenis, Maria Beatriz Pereira 2ª em iniciadas e Sérgio Moura 3º em iniciados.
Também destacamos Alexandre Vital 5º em infantis A no Mega Quilómetro e Érica Alves 6ª no Mega Sprint em infantis A.




Resultados:

Km:

Inf A (Fem): 7ª Diana Morais 4 30,21; 

Inf B (Fem): 14ª Inês Martins, 4 51,99;

Ini (Fem): 2ª Maria Pereira 3 46,47;

Inf A (Masc): 5º Alexandre Vital 3 53,11;

Inf B (Masc): 16º Albertino Gomes 3 51,95;

Ini (Masc): 3º Sérgio Moura 3 07,70;

Juv (Masc): 2ª José Lourenço 3 00,83.


40 Metros:

Inf A (Fem): 6ª Érica Alves 6,59; 12ª Laura Costa 6,73;

Inf B (Fem): 8ª Mónica Apolinário 6,45; 29ª Manuela Santos 6,76;

Ini (Fem): 12ª Susi Lourenço 6,21; 20ª Mariana Borges 6,30;

Inf A (Masc): 7º André Moreira 6,44; 7º Rui Magalhães 6,44;

Inf B (Masc): 25º Rodrigo Alves 6,43; 41º Nelson Mota 7,51;

Ini (Masc): 23º Tiago Carvalho 5,91;

Juv (Masc): 19º José Ferreira 5,67.


Salto em Comprimento:

Inf A (Fem): 6ª Ana Santos 2,60; 

Inf B (Fem): 17ª Ariana Carneiro 2,42; 

Inf B (Masc): 15º Rodrigo Alves 3,20; 

Ini (Masc): 20º Pedro Pereira 3,16;

Juv (Masc): 6º José Ferreira 5,00.

 

José Lourenço
Maria Beatriz Pereira

Sérgio Moura


tags:
publicado por ebipedrassalgadas às 21:57
link do post | comentar | favorito
 O que é?
Segunda-feira, 4 de Março de 2013

Desporto escolar

 

A professora Liliana Cunha é uma das responsáveis pelo clube de Atletismo da escola de Pedras Salgadas. O clube funciona no Pavilhão Desportivo às terças das 17.10h às 18h e às sextas das 10.15h às 11.45h.


Um dos principais objetivos do atletismo é promover o nome da escola em competições e motivar os alunos  pelo desporto.

 Os alunos no atletismo têm as seguintes modalidades:

- lançamento de pesos;

- salto em comprimento;

- corrida de velocidade e resistência;

- corrida de estafetas;

Para inscrever-se no atletismo apenas precisa de falar com um dos responsáveis pelo clube, os professores de educação física, nomeadamente o professor Jorge, o professor Álvaro e a professora Liliana.

Trabalho feito por: Manuella Santos 7ªB nª12 e Mónica Apolinário 7ªB nª13

publicado por Manu Santos às 08:56
link do post | comentar | favorito
 O que é?
Sexta-feira, 8 de Fevereiro de 2013

Iniciadas femininas campeãs distritais escolares de corta-mato

Equipa de iniciados femininos da Escola Pedras Salgadas vence coletivamente o Corta-Mato Vila Real - Douro 2013, realizado na manhã de 7 Fevereiro de 2013, na Natur Waterpark Vila Real, prova no âmbito do Desporto Escolar.


Classificações individuais dos alunos das Pedras Salgadas:
Infantis A Masculinos:
54º Alexandre Vital; 81º Paulo Costa; 82º Bruno Silva; 83º Cristiano Santos; 104º Rui Magalhães; 113º Rodrigo Costa.

Infantis A Femininos:
14ª Diana Morais; 29ª Mariana Pinto; 38ª Érica Alves; 54ª Ana Santos; 109ª Alexandra Sousa; 112º Denise Carvalho.

Infantis B Masculinos:
18º Albertino Gomes; 69º Rui Costa; 144º Leandro Martins; 153º Rodrigo Macedo; 154ª João Correia; 160º José Tomé.

Infantis B Femininos:
102ª Inês Martins; 107ª Mónica Apolinário; 109ª Jéssica Silva; 121ª Catarina Rodrigues; 139ª Marina Costa.

Iniciados Masculinos:
72º Micael Ferreira; 112º Ricardo Costa; 113º Henrique Gomes.

Iniciados Femininos:
6ª Ana Santos; 11ª Beatriz Santos; 27ª Tatiana Barreiro; 41ª Patricia Carvalho; 43ª Manuela Santos; 59ª Rafaela Paula.

Classificações coletivas:
Infantis A Masculinos: 18ª equipa; 
Infantis A Femininos: 7ª equipa; 
Infantis B Masculinos: 25ª equipa;
Infantis B Femininos: 21ª equipa;   
Iniciados Femininos: 1ª equipa.
No adaptado destaque para Diamantino Minhoto e Marina Costa.
Diamantino Minhoto
Marina Costa

 

publicado por ebipedrassalgadas às 12:11
link do post | comentar | favorito
 O que é?
Sexta-feira, 30 de Novembro de 2012

Radioatividade

Qual a definição de Radioativadade?

 

 

   Radioatividade é a propriedade de determinados tipos de elementos químicos radioativos emitirem radiações, um fenômeno que acontece de forma natural ou artificial. A radioatividade natural ou espontânea ocorre através dos elementos radioativos encontrados na natureza (na crosta terrestre, atmosfera, etc.). Já a radioatividade artificial ocorre quando há uma transformação nuclear, através da união de átomos ou da fissão nuclear. A fissão nuclear é um processo observado em usinas nucleares ou em bombas atômicas.

    Alguns átomos como os do urânio, rádio ou tório são instáveis (resultado da combinação de nêutrons e prótons). A liberação de energia radioativa acontece quando há uma transformação do núcleo instável (desintegração nuclear) e o núcleo começa a perder partículas alfa, beta ou raios gama.



 

 

 

 

 

O fenómeno de radioatividade foi observado pela primeira vez em 1896 quando o francês Henri Becquerel estudava os efeitos da luz solar sobre materiais fosforescentes.

 

 

 

 

 



Consequências da radioatividade


Efeitos da radiação

 

 

 

 

   Quando atingido pela radiação é impossível perceber imediatamente já que, diferente de uma bala de revólver, por exemplo, cujo efeito é constatado na hora, a radiação não provoca nenhuma dor ou lesão visível. Ela ataca as células do corpo individualmente, pode afetar os átomos que estão presentes nas células provocando alterações em sua estrutura.

   Os efeitos da radiação podem ser em longo prazo, curto prazo ou somente apresentar problemas aos seus descendentes (filhos, netos), pois uma pessoa que recebeu a radiação sofre alguma alteração genética produzida pela radioatividade.


 

 

 

 

 

 

Como se prevenir da radiação?

 

 

Quando se deparar com elemento radioativo não corra e grite.Todos devemos tomar muita precaução ao lidar com radiação, principalmente os pessoas que trabalham com a radioatividade. Para evitar a contaminação interna as seguintes precauções devem ser tomadas com a radiação:


· Usar máscaras para não inalar gases radioativos;


· Não pipetar com a boca, não colocar dedos na boca, e não fumar nos locais de trabalho;


· Lavar as mãos sempre que necessário, com água abundante e sabonete;


· Utilizar luvas e roupas especiais, pois alguns produtos podem ser absorvidos pelo organismo através da pele;


. Permanecer o tempo mínimo possível próximo à fonte de radiação;


. Trabalhar à máxima distância possível da fonte;


. Usar blindagens adequadas, para atenuar a radiação ao máximo.

As recomendações, na verdade, são todas banais. Entretanto, como a radiação não é sentida nem vista pelas pessoas, elas perdem o medo e aí é que começam os problemas de contaminação e radiação.

 

 

Assista um video sobre como foi a descoberta da radioatividade

http://www.youtube.com/watch?v=5VvjBz-jbVc



Links:

http://www.significados.com.br/radioatividade/

http://atomico.no.sapo.pt/02_01.html

http://radioativonoclick.blogspot.pt/2009/10/consequencias-da-radioatividade_30.html

http://sala3m10.blogspot.pt/2009/11/contaminacao-e-irradiacao.html

 

http://www.profpc.com.br/Qu%C3%ADmica%20Nuclear%20x%20F%C3%ADsica%20Nuclear/Qu%C3%ADmica%20Nuclear/Defini%C3%A7%C3%A3o.htm


Trabalho realizado por:

Alexandre Silva 8ºC Nº1

publicado por semprenaescola às 15:12
link do post | comentar | favorito
 O que é?
Segunda-feira, 11 de Junho de 2012

PREÇOS DO BAR

 

 

Produtos Alimentares

Preço

 

 

Água S. Martinho o.33cl

 

0.20€

 

Bolos

 

0.50€

 

Croissant Misto

 

0.60€

 

Bongo

 

0.45€

 

Compal

 

0.35€

 

Copo de Leite

 

0.10€

 

Ice Tea Lipton

 

0.45€

 

Iogurte Líquido Aromas Mimosa

 

0.30€

 

Leite Achocolatado

 

0.25€

 

Sandes de Fiambre

 

0.10€

 

Sandes de Manteiga

 

0.05€

 

Sandes de Queijo

 

0.10€

 

Sandes de Manteiga e Fiambre

 

0.15€

 

Sandes Mista

 

0.20€

 

Tosta Mista

 

0.25€

 

Bolo/Lanche

 

 

0.60€

 

publicado por rita às 12:19
link do post | comentar | favorito
 O que é?

.pesquisar

.Janeiro 2014

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. Festa de Natal de 2010 - ...

. Urânio

. Fibras têxteis

. O carvão

. ENTREVISTA A ALUNA : ESTE...

. ATLETISMO - Megas do Desp...

. Desporto escolar

. Iniciadas femininas campe...

. Radioatividade

. PREÇOS DO BAR

.arquivos

. Janeiro 2014

. Junho 2013

. Maio 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Novembro 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Dezembro 2011

. Junho 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Novembro 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

.tags

. a evolução do automóvel(1)

. a história do automóvel(1)

. a nossa biblioteca(1)

. atletismo(3)

. bar da escola(1)

. bispo(1)

. carnaval(2)

. carvão(1)

. clube de xadrez(1)

. concurso(1)

. corta-mato(4)

. d. elisabete(1)

. dependências(1)

. desporto escolar(1)

. entrevista(2)

. etl(3)

. festa de natal(1)

. festa de solidariedade(1)

. fibras têxteis(1)

. futsal(2)

. gás natural(1)

. grupo de dança(1)

. isaura (:(1)

. lepra(1)

. pedro e inês(1)

. pobreza(1)

. problema(1)

. problema do mês(1)

. quadras(1)

. radioatividade(1)

. são martinho(1)

. são valentim(1)

. teatro(1)

. vila do conde(1)

. todas as tags

.links

.participar

. participe neste blog

.Carnaval 2010 e 2011

.Festa de Natal

.Escritor Parafita visita a EBI Pedras Salgadas

.Por uma causa - Mauro

.Corta-Mato 2009

blogs SAPO
RSS