Quinta-feira, 8 de Março de 2012

A evolução do automóvel

 

Os primeiros automóveis

A auto-locomoção de veículos já havia sido demonstrada em 1769 por Nicolas Cugnot, na França, ao utilizar um motor a vapor para movimentar um veículo. No entanto, só com a introdução do motor de combustão interna a quatro tempos a gasolina em 1885, inventado por Karl Benz, na Alemanha, é que se começou a considerar a viabilidade de um veículo auto-propulsionado que oferecesse as condições já mencionadas. A patente desta invenção data de 29 de Janeiro de 1886 em Mannheim. Contudo, apesar de Benz ser creditado pela invenção do automóvel moderno, muitos outros engenheiros, também alemães, pesquisavam simultaneamente sobre a construção de automóveis. Em 1886, Gottlieb Daimler e Wilhelm Maybach, em Estugarda, patentearam a primeira motocicleta, construída e testada em 1885 e, em 1886, construíram a primeira adaptação da carruagem para o transporte automóvel. Em 1870, o germano-austríaco Siegfried Marcus construiu uma carroça motorizada que, contudo, não passaria da fase experimental.

Décadas mais tarde, Henry Ford passaria a fabricar automóveis em série, destacando-se o Ford T, fabricado de 1908 a 1927, cujas vendas ultrapassaram os 16 milhões de unidades.

 

 

Já no século XVII se idealizavam os veículos impulsionados a vapor; Ferdinand Verbiest, um padre da Flandres, demonstrara-o em 1678 ao conceber um pequeno carro a vapor para o imperador da China. Em 1769, Nicolas-Joseph Cugnot elevava a demonstração à escala real, embora a sua aplicação tenha passado aparentemente despercebida na sua terra-natal, França, passando a desenvolver-se sobretudo no Reino Unido, onde Richard Trevithick montou um vagão a vapor em 1801. Este tipo de veículos manteve-se em voga durante algum tempo, sofrendo ao longo das próximas décadas inovações como o travão de mão, caixa de velocidades, e ao nível da velocidade e direcção; algumas atingiram o sucesso comercial, contribuindosignificativamente para a generalização do tráfego, até que uma reviravolta contra este movimento resultava em leis restritivas no Reino Unido, que obrigavam aos veículos automóveis a serem precedidos por um homem a pé acenando uma bandeira vermelha e soprando uma corneta. Efectivamente, estas medidas travaram o desenvolvimento do automóvel no Reino Unido até finais do século XIX; entretanto, os inventores e engenheiros desviavam os seus esforços para o desenvolvimento dos caminhos-de-ferro, as locomotivas. A lei da bandeira vermelha só seria suprimida em 1896.

 

Experiências isoladas, realizadas em toda a Europa, ao longo das décadas de 1860 e 1870, contribuíram para o aparecimento de algo semelhante ao automóvel atual. Uma das mais significativas foi a invenção de um pequeno carro impulsionado por um motor a 4 tempos, construído por Siegfried Markus (Viena, 1874). Os motores a vapor - que queimavam o combustível fora dos cilindros, deram lugar aos motores de combustão interna, que queimavam no interior do cilindro uma mistura de ar e gás de iluminação. O ciclo de 4 tempos foi utilizado com êxito pela primeira vez em 1876, num motor construído pelo engenheiro alemão conde Nikolaus Otto.

 

A primeira patente do automóvel nos Estados Unidos da América foi concedida a Oliver Evans, em 1789. Mais tarde, em 1804, Evans demonstrou o seu primeiro veículo automóvel que não só foi o primeiro automóvel nos EUA mas também o primeiro veículo anfíbio, já que este veículo a vapor dispunha de rodas para circulação terrestre e de pás para circulação na água.

 

 

O belga Etienne Lenoir construiu um automóvel com o motor de combustão interna a cerca de 1860, embora fosse propulsionado por gás de carvão. A sua experiência durou 3 horas para percorrer 7 milhas — teria sido mais rápido fazer o mesmo percurso a pé — e Lenoir abandonava as experiências com automóveis. O franceses reclamam que um Deboutteville-Delamare terá sido bem sucedido; em 1984 celebraram o centésimo aniversário desse automóvel.

É geralmente aceite que os primeiros automóveis de combustão interna a gasolina tenham surgido quase simultaneamente através de vários inventores alemães, trabalhando independentemente: Karl Benz construiu o seu primeiro automóvel em 1885 em Mannheim, conseguindo a patente a 29 de Janeiro do ano seguinte e iniciado a primeira produção em massa a 1888. Pouco tempo depois, Gottlieb Daimler e Wilhelm Maybach, em 1889 em Estugarda, concebiam um veículo de raiz, descartando a típica carroça em função de uma carroçaria específica dotada de motor. Foram eles também os inventores da primeira motocicleta em 1886. Em 1885 eram construídos os primeiros automóveis no de quatro rodas propulsionados a petróleo, em Birmingham, Reino Unido, por Fredericl William Lanchester, que também patenteou o travão de disco.

 

Evolução dos automóveis-Fotos

 

Packard Ninth Series De Luxe Eight 904 Sedan Limousine (1932)

 

 

 

Ferrari 250 Le Mans (1964)

 

 

 

Chevrolet Vectra 2ª Geração (1997)

 

Os automóveis do futuro (carros eficientes)

 

O veículo elétrico é um tipo de veículo que utiliza propulsão por meio de motores elétricos para transportar ou conduzir pessoas, objetos ou uma carga específica. É composto por um sistema primário de energia, uma ou mais máquinas elétricas e um sistema de acionamento e controle de velocidade ou binário. Os veículos elétricos fazem parte do grupo dos veículos denominados Zero-Emissões, que por terem um meio de locomoção não poluente não emitem quaisquer gases nocivos para o ambiente, nem emitem ruído considerável pois são bastante silenciosos.

 

 Fotografias de carros elétricos

 

Atualmente os trens e ônibus são os veículos elétricos mais populares.

 

Renault Zoe, um veículo elétrico disponível em 2012 por cerca de 15000€.

 

Posto de carregamento

 

Ponto de carregamento para veículo elétrico no Parque das Nações em Lisboa.

 

Fontes:

http://en.wikipedia.org/wiki/Water-fuelled_car

http://pt.wikipedia.org/wiki/Ve%C3%ADculo_el%C3%A9trico

http://pt.wikipedia.org/wiki/Hist%C3%B3ria_do_autom%C3%B3vel

 

Trabalho elaborado por:Bruno Melo Costa 


 

 

 

 

 


 








 

 


 

 

publicado por brunomcmpr às 12:35
link do post | comentar | favorito
 O que é?
1 comentário:
De automovel online a 18 de Fevereiro de 2014 às 10:41
grandes maquinas

Comentar post

.pesquisar

.Janeiro 2014

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. Festa de Natal de 2010 - ...

. Urânio

. Fibras têxteis

. O carvão

. ENTREVISTA A ALUNA : ESTE...

. ATLETISMO - Megas do Desp...

. Desporto escolar

. Iniciadas femininas campe...

. Radioatividade

. PREÇOS DO BAR

.arquivos

. Janeiro 2014

. Junho 2013

. Maio 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Novembro 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Dezembro 2011

. Junho 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Novembro 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

.tags

. a evolução do automóvel(1)

. a história do automóvel(1)

. a nossa biblioteca(1)

. atletismo(3)

. bar da escola(1)

. bispo(1)

. carnaval(2)

. carvão(1)

. clube de xadrez(1)

. concurso(1)

. corta-mato(4)

. d. elisabete(1)

. dependências(1)

. desporto escolar(1)

. entrevista(2)

. etl(3)

. festa de natal(1)

. festa de solidariedade(1)

. fibras têxteis(1)

. futsal(2)

. gás natural(1)

. grupo de dança(1)

. isaura (:(1)

. lepra(1)

. pedro e inês(1)

. pobreza(1)

. problema(1)

. problema do mês(1)

. quadras(1)

. radioatividade(1)

. são martinho(1)

. são valentim(1)

. teatro(1)

. vila do conde(1)

. todas as tags

.links

.participar

. participe neste blog

.Carnaval 2010 e 2011

.Festa de Natal

.Escritor Parafita visita a EBI Pedras Salgadas

.Por uma causa - Mauro

.Corta-Mato 2009

blogs SAPO
RSS